Domingo, 20 de Junho de 2021 15:46
17°

Muitas nuvens

Marechal Cândido Rondon - PR

Dólar com.

R$ 5,07

Euro

R$ 6,02

Peso Arg.

R$ 0,05

Opinião Editorial

Quando vamos nos descobrir?

O Brasil não é mesmo para amadores. Até mesmo numa pandemia como a que estamos vivendo, há aproveitadores de plantão por toda parte.

22/04/2021 15h59
Por: Tribuna
Imagem que ilustra o descobrimento do Brasil em 1500
Imagem que ilustra o descobrimento do Brasil em 1500

O dia 22 de abril é marcado em nosso país como o “dia do descobrimento do Brasil”, ou seja, o dia que os portugueses chegaram aqui, no ano de 1500, pela expedição de Pedro Álvares Cabral. Ele encontrou aqui uma terra vasta, rica pela sua natureza e com muita coisa para se explorar. 

E como este país vem sendo explorado ao longo destes 521 anos. Pouca coisa aqui funciona corretamente e tudo parece ter algum problema, numa escassez de civilidade como nos tempos do descobrimento. Aliás, quando será que o Brasil realmente vai se descobrir?

Apesar de colonizado, o Brasil continua com falcatruas para todos os lados. E o pior é que muitos brasileiros sequer acham estranho e até mesmo se valem do famoso jeitinho brasileiro para se dar bem. 

Não adianta falar dos políticos, do STF, dos grandes grupos econômicos, se o próprio cidadão não cumpre as regras. Só muda a proporção. Não pagar os impostos devidos, furar filas, não obedecer a determinações legais ou simples regras de convivência, ou seja, muita gente sempre dá um jeito de se dar bem, mesmo que prejudique a outros.

Desse infeliz lado brasileiro surgiu e proliferou a famigerada corrupção. São agentes públicos e políticos inescrupulosos e de egoísmo tamanho, que não se importam que aquele dinheiro desviado ou mal aplicado vai faltar em algum lugar. Disso se valem os empresários sem caráter, que não pensam duas vezes em pagar propina para ganharem uma licitação e contrato público. 

E, como pouca coisa funciona corretamente, a corrupção rolou solta por séculos. Isso mesmo, séculos, já que era conhecida desde o descobrimento do Brasil. Basta uma leitura de um livro de história qualquer para ver que quase tudo aqui sempre ocorreu na base do apadrinhamento e da propina.

O Brasil não é mesmo para amadores. Até mesmo numa pandemia como a que estamos vivendo, há aproveitadores de plantão por toda parte. Superfaturamento de equipamentos para salvar vidas, desvios de oxigênio, fura-fila de vacina, vacina de vento e até vacina falsa. É um querendo ser mais esperto que o outro. 

E assim vamos vivendo nesse país que hoje completa seus 521 anos, na esperança que um dia as coisas melhorem. 

Feliz aniversário, a você brasileiro correto e justo, que não se enquadra no perfil nefasto deste triste artigo. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Editorial
Sobre Editorial
A opinião do Tribuna do Oeste.
Marechal Cândido Rondon - PR
Atualizado às 15h39 - Fonte: Climatempo
17°
Muitas nuvens

Mín. Máx. 13°

17° Sensação
1 km/h Vento
74% Umidade do ar
90% (20mm) Chance de chuva
Amanhã (21/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 11° Máx. 16°

Sol com muitas nuvens e chuva
Terça (22/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 21°

Sol com muitas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias