Domingo, 26 de Junho de 2022 13:59
19°

Poucas nuvens

Marechal Cândido Rondon - PR

Dólar com.

R$ 5,24

Euro

R$ 5,53

Peso Arg.

R$ 0,04

Política Entrevista

“Precisamos do compromisso de defesa intransigente da potência que é o Paraná”

Atual deputado estadual, ex-chefe da Casa Civil, Guto Silva aborda pautas essenciais visando um impulso no desenvolvimento do estado

20/05/2022 12h57
Por: Redação Fonte: Tribuna do Oeste
Guto Silva, pré-candidato ao Senado: “Atuamos com um posicionamento firme, bairrista, de defesa do estado”
Guto Silva, pré-candidato ao Senado: “Atuamos com um posicionamento firme, bairrista, de defesa do estado”

Luiz Augusto Silva (Guto Silva) nasceu em Maringá e foi criado em Pato Branco. Filho de professores, teve a oportunidade de aprimorar os estudos na Europa. De volta ao Brasil, atuou como professor e abriu sua empresa, tendo ainda ministrado palestras e escrito livro.

Sua estreia na política ocorreu em 2008, quando foi eleito vereador mais votado de Pato Branco. No ano de 2014 foi eleito deputado estadual, tendo sido reeleito em 2018. Foi convidado pelo governador Ratinho Junior a compor o primeiro escalão, atuando até o início deste ano como chefe da Casa Civil.

Migrou do PSD ao PP com a expectativa de ser candidato a senador pelo Paraná. Em entrevista ao Jornal Tribuna do Oeste, Guto Silva expõe o balanço das atividades nestes três anos e aborda questões relativas à sua pré-candidatura ao Senado. 

TRIBUNA DO OESTE - Qual balanço dos três anos como secretário-chefe da Casa Civil do Governo do Estado?

GUTO SILVA - Tenho encerrado este ciclo na secretaria mais importante do governo. É uma pasta que trabalha com questões muito sensíveis, complexas, tendo possibilitado grandes mudanças e transformações em todo o Paraná, sobretudo a redução de 28 para 15 secretarias, deixando o estado mais ágil. Ninguém imaginava a pandemia, o que tornou necessário reorganizar todo fluxo para não faltar leito de UTI, medicamentos e equipes para atender a população. O saldo é que o Paraná vai bem, avançando com geração de emprego. 

O agronegócio representa muito para a economia do Estado. O que fazer para esta área ser melhor reconhecida?

O agronegócio é primo irmão do negócio e da indústria, e nos últimos anos passa por uma grande transformação. Nossa produção dobra a cada dez anos, alavancada pelas cooperativas. Se 20 anos atrás o agro paranaense era a fazenda do mundo, hoje é o supermercado. São produtos que geram valor, riqueza, portanto é necessário um olhar estratégico para gerar valor e melhorar a renda da população. 

Como está o trabalho na Assembleia Legislativa?

Estou de volta à Assembleia, tendo sido eleito presidente da Comissão de Cultura, um setor muito forte. Trata-se de indústria silenciosa, que gera muitos empregos e oportunidades. Tenho acompanhado grandes obras no Paraná, cuja sinergia com os prefeitos se mostra importante para impulsionar este trabalho, contribuindo para a vida das pessoas. 

Guto Silva, o senhor migrou do PSD ao PP. O projeto de pré-candidatura ao Senado continua de vento em popa?

Vejo como natural nossa ida do PSD ao PP, algo natural para trabalhar na pré-candidatura ao Senado. O trabalho continua firme com o governador Ratinho Junior. O Paraná é o quarto estado do país em termos econômicos, assim muito mais importante do que o discurso é a atitude, o comportamento de trazer mais recursos e obras para melhorar a vida das pessoas. Conheci os quatro pontos do Paraná, então levo como alternativa o compromisso de defesa intransigente do nosso estado, potência econômica, de um agro que dá orgulho, comércio forte, indústria que emprega muita gente. Tenho um projeto diferenciado ao estado do Paraná. O jovem, por exemplo, precisa de alternativas para estudar, trabalhar, para ter mais perspectiva e se desenvolver.

Outros pontos envolvem ICMS de energia, reforma tributária, evoluir na questão de infraestrutura e compensação financeira são alguns temas a serem trabalhados em Brasília para viabilizar ainda mais melhorias ao Paraná. Isso tudo gera impacto direto no dia a dia dos cidadãos. É um posicionamento firme, bairrista, de defesa do estado. Adotamos uma agenda clara com prefeitos, deputados, governador, para identificar gargalos e fazer esta defesa, representando todos os municípios, com destaque aos menores. Estou muito confiante nesta caminhada, por este motivo sigo firme com o propósito de realizar este trabalho e ajudar muito as pessoas. 

Como está a relação com o governador Ratinho Junior?

Me desincompatibilizei da secretaria para trabalhar na pré-campanha, no entanto a relação com o governador Ratinho Junior continua ótima em todos os sentidos. 

Qual sua opinião sobre a atuação do STF e o sistema de escolha dos juízes?

Mostra o desequilíbrio das instituições. Nós devíamos ter um novo modelo de eleição e de gestão no STF (Supremo Tribunal Federal), para evitar questões políticas e ideológicas na Corte, também com gestões encurtadas. É preciso coragem para fazer este apontamento. Tenho convicção de que hoje a Corte não representa a Constituição, nem estimula a harmonia entre os poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Marechal Cândido Rondon - PR
Atualizado às 13h54 - Fonte: Climatempo
19°
Poucas nuvens

Mín. 14° Máx. 20°

19° Sensação
3 km/h Vento
89% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (27/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 21°

Sol com algumas nuvens
Terça (28/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 23°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias