Quinta, 02 de Dezembro de 2021 21:20
26°

Poucas nuvens

Marechal Cândido Rondon - PR

Dólar com.

R$ 5,63

Euro

R$ 6,37

Peso Arg.

R$ 0,06

Política Política

Pagamentos do Auxílio Emergencial PR alcançam R$ 10,3 milhões e ajudam 28 mil empresas

Confira os principais destaques desta semana

06/08/2021 15h26
Por: Editor
Pagamentos do Auxílio Emergencial PR alcançam R$ 10,3 milhões e ajudam 28 mil empresas

A chegada da pandemia impactou de diversas maneiras as microempresas e os microempresários individuais, mas sobretudo prejudicou o fluxo de caixa. Para apoiar a recuperação, o Governo do Estado está ajudando a diminuir os efeitos da crise para esses profissionais com programas de crédito, modernizações tributárias e ações diretas, como o Auxilio Emergencial PR, disponibilizado por meio da Secretaria da Fazenda.

Ao todo, segundo balanço divulgado nesta terça-feira (03), já foram destinados R$ 10,3 milhões em pagamentos para mais de 28 mil empresas – são 34 mil cadastradas, mas algumas ainda não solicitaram os recursos.

As empresas do Paraná que têm direito ao Auxílio Emergencial PR e ainda não se cadastraram para receber o benefício podem realizar o cadastro até no máximo dia 10 de agosto. 

Não são todas as empresas de pequeno porte que poderão receber o benefício. Pessoas físicas não têm direito. Ao todo, 27 setores cadastrados na Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAES) serão atendidos.

Muitas empresas ainda não sabem que têm o direito. Para saber se tem direito ao benefício, a pessoa jurídica deve acessar o portal do benefício, no endereço www.auxilioemergencial.pr.gov.br, inserir seu CNPJ na tela inicial e clicar no botão “Consultar”. Se o CNPJ for um dos beneficiários, o portal redirecionará para uma plataforma, na qual deverá ser feito um cadastro com as informações solicitadas.

Os beneficiários já cadastrados devem todo o mês realizar a solicitação do resgate para ter acesso ao valor no final do mês.

Estão aptas a receber o auxílio microempresas cadastradas no Simples Nacional, registradas até 31 de março de 2021 e com faturamento de até R$ 360 mil/ano. Elas receberão R$ 1.000,00 em quatro parcelas de R$ 250,00. Já as microempresas sem inscrição estadual e MEIs terão direito a R$ 500,00 em dois pagamentos mensais também de R$ 250,00. Pelo portal do auxílio emergencial é possível consultar o crédito financeiro e solicitar o resgate para a conta bancária.

PROEM 

Após a flexibilização do governo do estado em relação ao retorno gradual dos eventos no Paraná, o município de Marechal Rondon nomeou um novo diretor-presidente da PROEM (Fundação Promotora de Eventos de Marechal Rondon). O novo diretor é o servidor Tioni de Oliveira, que de 2019 a 2020 ocupou a função de Diretor de Projetos da entidade. Ele substitui Anderson Loffi, secretário Municipal de Administração, que vinha respondendo cumulativamente pela PROEM. A publicação da nomeação do novo diretor-presidente aconteceu no Diário Oficial Eletrônico, nesta terça-feira (03).

 Nova sede operacional

 O presidente da Câmara de Marechal Cândido Rondon, vereador Pedro Rauber, apresentou projeto de lei na última segunda-feira (02). O texto visa homenagear o pioneiro rondonense Benno Weirich com o nome da nova sede operacional do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae). A estrutura está em construção no Loteamento Dona Íris. Se aprovado o projeto de lei 24/2021, o prédio ficará oficialmente nominado como Centro Administrativo Benno Weirich. A matéria tramita na Comissão de Justiça e Redação que, após elaboração de parecer, deve liberar o texto para votação em plenário.

 Bom exemplo

Todos os anos o Sicredi realiza a ação do Dia C, Dia de Cooperar, destinada à solidariedade, com equipes envolvidas em diferentes campanhas de arrecadação Brasil a fora.  Em Mercedes, o Sicredi repassou 34 cestas básicas para o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS). O repasse das doações foi realizado pelo gerente da unidade Mercedes Alex Buss ao prefeito Laerton Weber e demais autoridades. As doações serão repassadas a famílias carentes do município.

 COE

O Comitê de Operação Emergencial (COE) de Mercedes realizou uma reunião nesta segunda-feira (02) para decidir sobre novas medidas de enfrentamento a pandemia de Covid-19 no município. Por unanimidade, os membros do COE decidiram diminuir as restrições e flexibilizar algumas medidas. Recentemente Mercedes chegou a suspender todas as aulas presenciais para conter a disseminação da doença que estava tendo elevados índices no município, ações conjuntas trouxeram a diminuição dos casos positivos e a procura por internamentos e atendimentos também.

 Retorno CMEIs

Já em Marechal Cândido Rondon está sendo programado, pela Secretaria de Educação, o retorno das aulas nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). Os pais já passaram pelo processo de oficializassem o interesse de retorno do aluno, além da assinatura de termo de compromisso para a retomada das atividades. O retorno obedecerá às normas sanitárias vigentes que, atualmente, determinam o atendimento de 50% da capacidade máxima da sala de aula. O objetivo é realizar uma programação de modo que os alunos possam vir em um período, sem que fiquem por uma semana em casa. A princípio, portanto, não serão atendidos alunos no integral.

 Videomonitoramento

Mais uma  reunião foi realizada na segunda-feira (02) sobre o assunto implantação de sistema de videomonitoramento rondonense. Na oportunidade, o prefeito Marcio falou à imprensa, forças policiais e vereadores,  sobre o projeto de videomonitoramento, cujo processo licitatório está sendo elaborado. De início, serão instaladas 400 câmeras. Foram várias as sugestões de locais discutidos na reunião, como o centro comercial, espaços públicos, rodovias de acesso à cidade, entre outros. Nas redes sociais muitos rondonense se manifestaram a favor da instalação do videomonitoramento.

 Manifestação

 

Teve grande adesão na manhã deste domingo (01) em Marechal Cândido Rondon, a carreata em prol do voto impresso auditável. Estiveram presentes rondonenses que apoiam a transparência nas próximas eleições, com contagem pública dos votos. Sob a justificativa de que o voto impresso pode ser auditável, ou seja, passar por auditoria, existe uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 135/19 sendo discutida no Congresso Nacional. A proposta quer instituir o voto impresso auditável já a partir das eleições de 2022. O método consiste em o eleitor escolher seus candidatos e ver, em seguida, a impressão de um comprovante, em papel, que ficaria atrás de um visor transparente. Se os dados no voto em papel estiverem diferentes do que foi digitado na urna, o eleitor terá a opção de mandar cancelar. O comprovante, então, seria destruído e um novo processo de votação teria início. Se o “voto impresso” estiver correto, o eleitor aperta o botão confirma e o papel é automaticamente depositado num recipiente lacrado ao lado da urna eletrônica.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Giro Político
Sobre Giro Político
Os bastidores da política regional.
Marechal Cândido Rondon - PR
Atualizado às 21h17 - Fonte: Climatempo
26°
Poucas nuvens

Mín. 16° Máx. 32°

27° Sensação
3 km/h Vento
48% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (03/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 34°

Sol com algumas nuvens
Sábado (04/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias