Quinta, 02 de Dezembro de 2021 21:49
23°

Poucas nuvens

Marechal Cândido Rondon - PR

Dólar com.

R$ 5,63

Euro

R$ 6,37

Peso Arg.

R$ 0,06

Opinião Opinião

Escassez de energia

É uma consequência da falta de água

10/09/2021 13h48
Por: Editor
Escassez de energia

Foi-se o tempo em que só agricultores ficavam de olho no céu em busca de algumas nuvens de chuva. Hoje muitas pessoas torcem por chuvas mais abundantes para minimizar o problema da falta de água e o risco cada vez mais eminente da escassez de energia.

A escassez de energia pressiona a inflação, freia atividade econômica e o investimento, empobrece a população. É uma consequência da falta de água.

No primeiro trimestre do ano o volume de chuvas foi o mais baixo em 91 anos. Os reservatórios das hidrelétricas dos sistemas Sudeste e Centro-Oeste iniciaram a temporada seca nos menores níveis deste século.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) recorreu a reajustes seguidos na bandeira tarifária para, de um lado, cobrir custos de contratação de geradoras mais caras (e poluentes) e, de outro, forçar a redução da demanda pelo preço.

Desde a crise energética de 2001, a dependência do Brasil das hidrelétricas diminuiu de mais de 80% para perto de 60%. Ganharam espaço as matrizes eólica, solar, além das térmicas a gás e até a óleo diesel. Ainda assim, são gravíssimos para a vida da população e para a atividade econômica o ambiente de incerteza na oferta e a volatilidade nos preços da eletricidade. O custo de vida sobe direta e indiretamente. O orçamento das famílias encarece porque a conta de luz fica mais alta, mas também pelo repasse no valor de produtos e serviços. Comida, gás de cozinha e energia são itens que pesam muito nas despesas de quem ganha menos.

A falta de segurança energética prejudica em particular a manufatura. Empresas desistem de investir; há redução no processo de industrialização de cadeias inteiras.

Não por acaso, projeções para o crescimento econômico em 2022 estão sendo revistas. Para dar conta da oferta de energia, o governo está gastando reservas de água que podem afetar irrigação de lavouras e até o abastecimento das cidades em áreas localizadas, se as chuvas não caírem em volume adequado na próxima temporada.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Editorial
Sobre Editorial
A opinião do Tribuna do Oeste.
Marechal Cândido Rondon - PR
Atualizado às 21h37 - Fonte: Climatempo
23°
Poucas nuvens

Mín. 16° Máx. 32°

23° Sensação
3 km/h Vento
58% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (03/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 34°

Sol com algumas nuvens
Sábado (04/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias