Quarta, 27 de Outubro de 2021 20:34
26°

Poucas nuvens

Marechal Cândido Rondon - PR

Dólar com.

R$ 5,54

Euro

R$ 6,43

Peso Arg.

R$ 0,06

Cotidiano Saúde

Monitoramento aponta que Pato Bragado mantém Aedes aegypti sob controle

Secretário de Saúde, John Nodari, afirma que para que o êxito nesse trabalho preventivo continue, é preciso que a comunidade também siga mantendo as medidas de controle do mosquito

16/09/2021 08h55 Atualizada há 1 mês
Por: Redação Fonte: Assessoria
Secretário de Saúde, John Nodari, supervisor de Endemias da 20ª Regional de Saúde, Gilson Wagner, ladeados pela diretora Cristina Lagemann, técnica em Enfermagem, Neili Koch e pelos agentes de endemias
Secretário de Saúde, John Nodari, supervisor de Endemias da 20ª Regional de Saúde, Gilson Wagner, ladeados pela diretora Cristina Lagemann, técnica em Enfermagem, Neili Koch e pelos agentes de endemias

A primavera inicia no dia 22 de setembro e com essa estação devem vir os dias mais quentes e chuvosos, favorecendo a disseminação do mosquito Aedes aegypti.  

Na intenção de evitar que o município de Pato Bragado passe pelo terceiro ano consecutivo por uma epidemia de dengue, na manhã de quarta-feira (15), na nova Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) o supervisor de Endemias da 20ª Regional de Saúde, Gilson Wagner reuniu os agentes de combate às endemias, vigilância sanitária, epidemiológica, atenção básica e de ação primária para aplicação do monitoramento das atividades do Programa Nacional de Controle da Dengue (PNCD). 

Segundo o supervisor, nesse momento foi realizada a avaliação das atividades com levantamento da situação da dengue no município, no primeiro quadrimestre do ano. Ele constatou que o trabalho realizado por esses setores da Secretaria de Saúde está dentro do preconizado pelo programa, a partir do trabalho de prevenção diária ao mosquito pelos envolvidos. “Tanto é que o último Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa), chegou a apenas 0,42% e o preconizado pelo Ministério da Saúde é de que se mantenha abaixo de 1%”, detalhou Wagner.

Conforme o secretário de Saúde, vice-prefeito, John Nodari, para que o êxito nesse trabalho preventivo continue, é preciso que a comunidade mantenha as medidas de controle do mosquito, fiscalizando seus lotes e demais propriedades e eliminando qualquer criadouro do mosquito. Além disso, segundo ele, a situação da dengue em Pato Bragado também é determinada por fatos externos, como propagação em grande escala em outros municípios da região e a vinda de pessoas infectadas ou a ida de munícipes a outras cidades. 

Panorama Estadual

Na terça-feira (14), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou o boletim semanal da dengue. O documento registra o total de 50 novos casos confirmados da doença no Paraná. Há ainda, 1.374 casos em investigação e nenhum óbito neste período. Até agora são 77 casos confirmados da doença. Em duas semanas, 169 municípios registraram notificações de dengue, que passaram de 1.410 para 2.652, um aumento de 88,09%. 

Monitoramento contou com avaliação das atividades com levantamento da situação da dengue no primeiro quadrimestre do ano

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Marechal Cândido Rondon - PR
Atualizado às 20h30 - Fonte: Climatempo
26°
Poucas nuvens

Mín. 18° Máx. 31°

27° Sensação
7.3 km/h Vento
46.5% Umidade do ar
67% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (28/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sexta (29/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias